Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Carpe Diem

A alegria é a saúde da alma

Carpe Diem

A alegria é a saúde da alma

Mundo estranho

por Gisela Baptista aka Tasmaniapt, em 18.09.13

Cada dia que passa mais convenço que anda tudo estranho....

É triste mas é a realidade....

Sabermos por terceiros algo que supostamente as pessoas nos escondem é triste. Mais quando se trata da família.....enfim já não me devia importar e muito menos ficar surpreendida mas fiquei....

E depois acontecem umas cenas que não consigo explicar.... nem entender.... por muito que me esforce...as pessoas ainda me surpreendem...infelizmente algumas pela negativa...

Por outro lado outras estão sempre a surpreender-me pela positiva!

Carpe diem

 

Regressos

por Gisela Baptista aka Tasmaniapt, em 19.06.13

Sou da opinião que o tempo nos modifica, para melhor e para pior mas que o aconteceu no passado ficou no passado.

Não sou de deixar assuntos pendentes por isso são portas fechadas que poderei abrir mas que não serão a mesma coisa. Poderiam até voltar a funcionar mas nunca da mesma maneira...estou diferente e quero coisas diferentes.

Estarei errada não sei...mas é o que sinto e por isso o que faço...

Posso dizer que o faço em consciência e como tal estou preparada para as consequências.

 

Carpe Diem

Chove lá fora

por Gisela Baptista aka Tasmaniapt, em 25.10.12

 

e vêm-me à lembrança o cheiro da terra molhada... do aroma da relva...

Nesse momento sinto-me leve e deixo-me ir pelo prazer de ouvir chover e relembrar as coisas boas que a chuva me faz recordar...

sem saudosismos apenas desfrutar desses momentos :D

Chove lá fora mas aqui dentro o sol brilha!! 

 

Carpe Diem

Por vezes sinto-me a desanimar....

por Gisela Baptista aka Tasmaniapt, em 10.07.12

Felizmente dá-me forte e passa rápido :D

 

Penso no meu percurso profissional e sei que tudo o que fiz fi-lo com brio profissional e profissionalismo e como tal sempre pensei que merecia pelo menos uma palavra cara a cara....já lá vão quase 2 meses e nada....não que seja importante ou que me faça alguma diferença....mas os meus colegas tiveram direito a jantar de despedida e foram eles que se despediram...eu fui despedida e.....nem uma palavra....custa...

 

A vida dá muitas voltas e eu hei-de dar a volta por cima como sempre o faço e sempre o fiz mas confesso que sinto um pouco de magoa....

 

Carpe Diem

 

Doses de Realidade

por Gisela Baptista aka Tasmaniapt, em 18.06.12

a vida ultimamente tem me dado doses de realidade se calhar mais do que eu esperava...

Nem todas são más mas algumas testam a minha paciência, outras testam as minhas capacidades....

 

Quem me conhece sabe que não sou de fugir nem desistir por isso as doses de realidade apenas me fortalecem!!

Posso ser frontal e há quem diga que por vezes exagero...é possível...tenho sentimentos e reajo se não gosto de alguma coisa....

 

É claro que espero ser surpreendida pela positiva e sou optimista por natureza...estou errada...se calhar mas é assim que eu sou...

Nem mais nem menos.

E se me decepcionam...é a vida...fazer o quê...deixar-me ficar no meu canto seguro?!?!?

Confesso que por vezes me apetece deixar de insistir.....a vida é demasiado curta para se perder tempo com parvoíces.....

 

Carpe Diem

 

Inseguranças, receios....

por Gisela Baptista aka Tasmaniapt, em 28.03.12

Sim ainda sinto inseguranças e não tenho motivos aparentes para isso mas de vez em quando bate a insegurança de novo!
Sim eu sei que é um disparate mas que posso fazer se acontece...
Irracional q.b.
Sinto que por vezes estas inseguranças resultam de receios parvos mas se eles existem temos de os assumir...

Se tenho razões para me sentir assim....por um lado parece que não por outro sinto que sim....

Será que a mente não pode tirar férias e deixar-me apenas desfrutar....

Se calhar até podia mas não seria a mesma coisa...

os receios fazem parte da vida e essa é para ser vivida e desfrutada...

Sei que sou mais forte que os meus receios e isso é que me faz andar para a frente...

mas por vezes "bate" uma dose de realidade e voilá a insegurança paira....

 

Carpe Diem

A Felicidade

por Gisela Baptista aka Tasmaniapt, em 26.02.12

Será possivel ser-se Feliz com a Felicidade dos outros?

Eu penso que sim desde que tenhamos contribuído para esse momento de Felicidade, mesmo sem perceber como....

No fundo ficamos bem por termos feito bem....

Damos sem querer e iremos receber sem perceber.

A Paz que tudo isto nos proporciona é mais do que suficiente para estarmos bem.

 

Desfrutar de tudo o que sentimos sem pensar muito nas coisas ajuda....

Claro que nem tudo são rosas e mesmo as rosas têm espinhos...temos de saber a lidar com eles e esclarecer sempre o que nos preocupa para podermos concentrarmo-nos apenas no desfrutar....

 

Carpe Diem

Irracionalidades II

por Gisela Baptista aka Tasmaniapt, em 26.11.11

E depois como fazer parar a adrenalina que nos invade quando pensamos no que poderá ser...

No como foi...

Deixar-nos ir na corrente e sem preocupações apenas sentir o que se sente sem se tentar explicar porque é o que queremos....

Então para quê racionalizar se o coração e o corpo não querem...

E a própria razão começa a querer juntar-se ao resto de VIVER....

 

Carpe Diem

 

A dor tem fases

por Gisela Baptista aka Tasmaniapt, em 08.07.11

“A saudade é uma dor que pode passar depois de devidamente doída, devidamente honrada. É uma dor que é preciso aceitar, primeiro, aceitar. É preciso aceitar esta mágoa esta moinha, que nos despedaça o coração e que nos mói mesmo e que nos dá cabo do juízo. É preciso aceitar o amor e a morte, a separação e a tristeza, a falta de lógica, a falta de justiça, a falta de solução.”1

Depois de ler todo o texto de Miguel Esteves Cardoso (MEC) percebi que me identifico com este texto.

A dor tem várias fases e temos de passa-las todas querem seja ela pela perda de um ente querido, quer seja pela quebra de uma promessa de amor eterno. E não vale a pena ficar preso nessa dor.

Há que aceita-la e depois continuar o nosso caminho caminhando.

Quando se trata de um ente querido a dor transforma-se em SAUDADE e essa NUNCA desaparece pois para nós esse ente (meu querido AVÔ, meu querido tio Fernando) continua vivo no nosso coração e lembramo-nos dele(s) pelas mais variadas razões e a maior parte delas são momentos FELIZES da nossa VIDA que nunca o vão deixar de ser apenas porque já não estão entre nós!!

As SAUDADES estão sempre presentes mas sem dor apenas com ALEGRIA e alguma tristeza por não estarem connosco!!

Quando se trata do amor esse por muito forte que seja no momento em que nos traem a nossa confiança tudo se torna mais fácil mas não menos penoso! Tudo depende da maneira como é “quebrada” essa relação. Dói MUITO mesmo mas como a dor é mais intensa dura menos tempo e mais facilmente se continua em frente, mas temos também aqui que enterrar a dor para poder seguir em frente!!Eu já enterei a minha e continuei em frente!!

 

 

Carpe Diem!!

 

1 - Excerto do texto de Miguel Esteves Cardoso, in 'Último Volume'

Consultora de "Aura"

por Gisela Baptista aka Tasmaniapt, em 04.05.11

Há pois é não é para quem quer mas para quem pode e eu tenho uma consultora de "Aura" que me disse que afinal continuo com o meu "ar marado" de sempre e por isso a questão da introspecção já se foi...

Estou de volta ao NORMAL ou melhor dizendo estou de volta ao que é NORMAL em mim!!

 

Espero que agora TODOS me vejam NORMAL :-D para que eu não comece a pensar que se calhar passasse mesmo alguma coisa de anormal comigo....;-D

 

Carpe Diem

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D